21 de setembro de 2020
  • 12:48 Em Catalão, Elder Galdino propõe Auxílio Emergencial de RS 300
  • 16:16 Elder pretende reduzir as secretarias de 20 para 10
  • 19:05 Mauro Fayad assume a coordenação do plano de Governo de Hélder Galdino
  • 18:09 Vereador Sousa Filho consegue, na Câmara aprovação de dois projetos relacionados á conta de água .
  • 17:30 Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – Ligue 180

Empresário do setor agropecuário disse, em entrevista, que cidade tem muito a melhorar e pede que população dê oportunidade para o novo; é a primeira vez que Elder Galdino disputa um cargo público.

Pré-candidato a prefeito de Catalão, Elder Galdino (MDB) é a aposta da sigla para que a cidade supere a gestão “desequilibrada” de Adib Elias (Podemos).* Pelo menos é isso que o presidente do partido em Goiás, Daniel Vilela (MDB), disse em entrevista recente à Rádio Cultura 101.1 FM. Na manhã da última segunda-feira, 3, foi a vez de Galdino ser o entrevistado do Cultura em Foco. “Agora é o momento, me vejo um homem preparado, com toda a estrutura para administrar uma cidade rica que é Catalão, estou pronto para fazer apenas o bem para a população”, disse.

Contido a fazer críticas em torno da atual gestão, Galdino ressaltou que a cidade pode melhorar diante do atual cenário econômico. “Vejo que a administração concentra grande parte de suas ações no centro da cidade, vejo que entornos, regiões rurais e distritos estão a desejar, quero ser um prefeito que olhe também para essa região”, explicou.

Grande pecuarista é “roceiro nato”, o pré-candidato ainda destacou os ruralistas e disse que, se eleito, desenvolverá politicas voltadas para o setor. Questionado sobre a divisão das antigas gestões que administram a cidade, Elder disse que *“chegou a hora da população dizer um basta para essa política e dar a oportunidade para um novo nome. Não sei falar bonito, mas sei que estou pronto”.

“Estou em fase final de um plano de governo em que toda a população da cidade foi ouvida. Prioridades do meu governo são cestas básicas, saúde, educação e moradia”, explicou Elder sobre seu plano de governo e disse, ainda, que pretende construir 500 casas populares por ano, reabrir o Pronto Socorro da Santa Casa nos primeiros 30 dias, criar condições para que se faça quimioterapia em Catalão e fazer mudanças na educação municipal.

*Texto: Lucas Almeida, Rádio Cultura 101.1 FM | Foto: Reprodução*

Lidiane

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT