14 de julho de 2020
  • 16:59 Mudança na Data Das Eleições Exige Atenção de Pretensos Candidatos
  • 23:34 O MDB Atua Para Eleger 80 Prefeitos
  • 16:00 Comunidade da Cisterna Espera Por Benfeitorias Há Anos
  • 13:53
  • 15:27 Arco Viário Recebe Sinalização

O Prefeito de Catalão, Adib Elias, atendendo ao 7º Ato do Comitê de Prevenção, Orientação e Enfrentamento ao Coronavírus , assinou na tarde desta terça-feira (16), o decreto de nº 2175, alterando o decreto de nº 2087, de 19 de abril de 2020, que dispõe sobre a situação de emergência na saúde pública do município de Catalão em virtude da COVID-19.

👉Vejam as atividades que podem funcionar:

 aula presencial individual em Cursos Técnicos e de extensão;
 autoescolas, podendo ministrar aulas teóricas on-line ou presencial individualizada, aulas práticas e bancas examinadoras, desde que sejam obedecidas as normas estabelecidas pela OMS e pelo protocolo elaborado pelo DETRAN-GO;
 restaurantes, lanchonetes e bares devendo ser respeitada a distância mínima de 2 (dois) metros entre os usuários e com observância, no que couber, às regras previstas no art. 3º deste Decreto, com horário de funcionamento entre 06h00min e 22h00min;
 o transporte aéreo e rodoviário de cargas, o transporte intermunicipal de passageiros, inclusive por meio de aplicativos;
cartórios extrajudiciais, ressalvados os de protesto, desde que observadas as normas editadas pela Corregedoria-Geral da Justiça do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás;
atividades de organizações religiosas, nos termos do disposto no art. 7º deste Decreto;
 atividades individuais em academias, mediante agendamento prévio, com atendimento simultâneo restrito à 50% da quantidade de aparelho fixo existente ou respeitando a distância de 2 (dois) metros entre os usuários e com observância às regras previstas no art. 3º deste Decreto, sendo vedadas atividades em grupos e coletiva.
 serviços concessionários e permissionários de transporte urbano municipal, através de ônibus e motocicletas (mototáxi).
 funcionamento de salões de beleza e barbearia.

📍Santo Antônio do Rio Verde ➡️ até a data 30-06-2020, as atividades comerciais descritas acima, localizadas no distrito de Santo Antônio do Rio Verde, terão obrigatoriamente horário de funcionamento entre 06h00min e 18h00min.

👉Atividades que continuam suspensas:

🚫Aulas escolares nas Unidades de Ensino públicas e privadas, inclusive Universidades, e ainda aquelas realizadas no âmbito da Secretaria Municipal de Esportes, Fundação Cultural Maria das Dores Campos e CCPA.

🎭E lembrando que a população deve usar máscaras de proteção facial ao sair de casa. As mesmas devem ser confeccionadas conforme orientações do Ministério da Saúde.

Decreto na íntegra ➡️ http://www.catalao.go.gov.br/…/decreto-n-2175-de-16-de-junh…

A imagem pode conter: texto

Mais um lançamento de obra: a construção da Clínica de Dependentes Químicos. Vejam todo o projeto:

#Saúde| Mais um lançamento de obra: a construção da Clínica de Dependentes Químicos. Vejam todo o projeto:

Publicado por Prefeitura de Catalão em Terça-feira, 16 de junho de 2020

 

Considerada um dos principais cartões postais de Catalão, a Praça Getúlio Vargas faz parte da história da cidade e de seus moradores. O espaço público que fica localizado na região central foi totalmente reconstruído pela Prefeitura e de “cara nova”, transformada, está pronta e já entregue pela atual administração à comunidade.

Quem passa nas proximidades do centro de Catalão e Avenida 20 de Agosto, certamente já notou o quanto o local está mais bonito e valorizado. A Praça Getúlio Vargas passou por uma grande reestruturação. Além da troca do piso, troca dos bancos, pintura, reforma do coreto, reconstrução da fonte luminosa, jardinagem e urbanismo completos, construção de um monumento com relógio (torre), bem como recebeu outras benfeitorias. Tudo foi feito para melhorar o aspecto da praça mantendo os padrões originais de décadas.

Nesse patrimônio histórico e cultural da cidade, foram investidos R$ 420 mil. Recurso que além de resgatar o bem público, conservou as características naturais embelezando ainda mais a região central de Catalão e, principalmente, oferecendo um espaço novo e moderno de lazer, entretenimento, que de agora em diante trará alegria para todos.

Durante a entrega da praça, o Prefeito de Catalão, Adib Elias, lembrou e agradeceu à parceria da Câmara de Vereadores e disse: “Nós estamos vivendo um momento de pandemia, estamos fazendo tudo para que Catalão tenha o mínimo de comprometimento com a covid, mas temos que entregar obras, benefícios, trazer alegria e felicidade pra nossa gente”.

Essa é a Prefeitura de Catalão. Cidade que Sonha e Faz!

ASCOM – Prefeitura de Catalão.

Com medidas de segurança individuais e coletivas, exames serão retomados a partir de quinta-feira (4) na capital

Com horário agendado, uso de equipamentos individuais de proteção, aferição de temperatura dos envolvidos e limitação do número de candidatos, o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás retomará a realização de banca examinadora de direção veicular a partir da próxima quinta-feira (4/06). O projeto-piloto de retomada das provas práticas será realizado na sede da autarquia. A previsão é que, aos poucos, cumpridas as medidas de contenção à disseminação do novo coronavírus, as provas voltem a ocorrer em todo o Estado.

Os exames práticos de direção veicular para a obtenção ou mudança de categoria da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foram suspensos no dia 16 de março, devido à pandemia de Covid-19. Para retomada, foram necessários estudos técnicos e a adoção de uma série de medidas preventivas. Atualmente, em Goiás, tramitam cerca de 70 mil processos de habilitação nas diversas etapas (abertura de Renach, exames médicos, psicológicos, aulas e provas).

Para evitar aglomeração na realização das provas práticas, o atendimento se dará com hora marcada. Cada examinador atenderá um candidato a cada meia hora, com o máximo de 14 aspirantes/hora por banca de veículos de quatro rodas. Somente o aluno em prova poderá permanecer no local.

Os veículos de quatro rodas deverão ser higienizados com água e sabão ou desinfetado com álcool 70% no intervalo entre as provas. Todos os envolvidos no processo deverão usar máscara e luvas. Os examinadores também atuarão com protetor facial.

Para a banca de habilitação em categoria A (motocicleta), serão agendadas, no máximo, 70 provas/dia. Os alunos terão que usar capacete próprio, não sendo permitido o compartilhamento. As áreas do veículo tocadas pelos alunos durante o trajeto (manoplas de aceleração e freio dianteiro, espelhos retrovisores, assento e tanque de combustível) deverão ser higienizadas antes da realização de cada prova.

De acordo com a regulamentação prevista na portaria 719/2020, ao adentrar no local de prova todos os envolvidos, inclusive, instrutores terão a temperatura aferida. Quem tiver com quadro febril não poderá ter acesso ao local de prova.

*Prova teórica em mais três cidades*

As provas de Legislação de Trânsito vêm ocorrendo em Goiânia desde o dia 20 de maio e será estendida a mais três cidades nesta semana. Aparecida retoma a aplicação de exames teóricos na próxima quinta-feira (4), Goianira no sábado (6) e Anápolis, a partir de segunda-feira (8).

Visando resguardar examinadores e os candidatos, também estão sendo adotadas medidas de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus. As provas são aplicadas mediante agendamento, com número limitado de alunos por hora. As salas e os equipamentos são higienizados entre uma prova e outra e todos os envolvidos são obrigados a utilizar equipamentos de segurança, como a máscara, além de ter que higienizar as mãos com frequência.

*Goiânia, 2 de junho de 2020.*
*Comunicação Setorial do Detran-GO.*

Coronavírus é uma realidade, mas a dengue também necessita de vigilância constante. O grande percentual de óbitos causados pela covid-19, tanto em Goiás quanto no Brasil, dispara um alerta que mascara outro: a ameaça constante das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti estão ficando em segundo plano.

O Ministério da Saúde anunciou que a COVID-19 já matou quase 23 mil pessoas no país. Nesse contexto, deixar água parada pode criar mais um problema ao sistema de saúde, em meio ao cenário já complexo de combate ao novo coronavírus.

O isolamento sem os cuidados contra o mosquito pode favorecer a proliferação do vetor, transmissor também da chikungunya e da zika. Além de sobrecarregar o sistema de saúde, que também enfrenta outras doenças respiratórias nesta época do ano.

O secretário de Saúde do município, Velomar Rios, disse que coronavírus é prioridade do momento, mas que não se pode baixar a guarda com as chamadas arboviroses. “A população em isolamento deve aproveitar para rever em suas casas os possíveis locais com foco do mosquito e eliminá-los, para o poder do transmissor não aumentar”, afirma. Em 2020, até o mês de abril, foram notificados em Catalão 346 (trezentos e quarenta e seis) casos de dengue. Sendo 156 casos confirmados através de exames, 136 negativos e mais 54 casos com confirmação clínica epidemiológica, onde o médico reconhece a dengue pelos sintomas, independente de exame.

A Secretaria Municipal de Saúde ainda reforça que o combate ao mosquito da dengue, Zika e chikungunya é uma missão conjunta entre o poder público e a população. E toda comunidade pode colaborar nessa força-tarefa.

O telefone do disque dengue continua disponível em caso de dúvidas ou até para denúncias. O número é 3442-5449.

SECOM – Prefeitura de Catalão

 

 

A Prefeitura Municipal de Catalão , através da Superintendência Municipal de Trânsito de Catalão  (SMTC) e a Polícia Civil, firmaram  ontem ( 27), um acordo de cooperação,onde o  município recolheu cerca de 20 veículos que estavam depositados  na Rua Araguaia (rua da delegacia,) no Centro).A ação objetivou liberar a via para usuários e moradores.

A Superintendência Municipal de Trânsito- SMTC – realizou  na semana passada entre os dias 11 e 15 de maio, sinalização horizontal e vertical  de trânsito na Avenida  Raulina Fonseca Paschoal . Foi realizado  no local (a próximo ao Posto do Manga) faixas de pedestres ,  sinalização de pares , divisor de pistas.                                                                       A sinalização  se fez necessária,  após,  a Secretaria de Transportes realizar  o recapeamento total no local.

 

Foto ilustrativa
Em  decorrência do novo Decreto nº  2119,  de 14 de maio de 2020 , a Superintendência Municipal de Transito – SMTC ,  em parceria com a Secretaria  de Regulação, Vigilância Sanitária e Policia Militar, iniciaram nessa sexta – feira,  15 de maio,  notificação acerca das mudanças que ocorrerão no município:
  • Postos de combustíveis, com horário de funcionamento , entre as 06h00 min e 20h00 min  com exceção  daqueles situados as margens de  rodovia que terão horário de funcionamento entre 06h00 min e 18h00 min;
  • Restaurantes , lanchonetes e lojas de conveniências instalados em postos de combustíveis em horário de funcionamento entre 06h00 min e 18h00 min;
  • Supermercados e congeneres  com horário de funcionamento entre 06h00min e 20h00min;
  •  Distribuidoras de bebidas com horário de funcionamento de segunda – feira  a sexta –  feira entre 06h00min e 20h00min e, finais de semana e feriados  entre 06h00min e 14h00min;
  • Restaurantes, lanchonetes e bares devendo ser respeitada a distância mínima de 2 (dois) metros entre os usuários, e com observância, no que couber, as regras previstas no art. 3º deste Decreto, com horário de funcionamento de segunda – feira à sexta – feira entre 06h00 min e 20h00min e, finais de semana e feriados entre  06h00min e 14h00 min.
  • Feiras livres de hortifrutigranjeiros , desde de que observadas as boas práticas de operação padronizadas  pela Secretaria de Estado de Agricultura  Pecuária e Abastecimento, com observância , no que couber , as regras previstas no art. 3º deste Decreto.
  • Os  salões de beleza , barbearias e academias , apresentarão um protocolo  de atendimento ao cliente,  o qual será avaliado pelo município.

Segue abaixo o Decreto.  Decreto Municipal n 2119

 


Nelson Teich deixa o Ministério da Saúde antes de completar 1 mês no cargo
Nelson Teich deixa o Ministério da Saúde antes de completar 1 mês no cargo

O ministro da Saúde, Nelson Teich, deixou o cargo nesta sexta-feira (15), antes de completar um mês à frente da pasta. Apesar de uma nota oficial do ministério dizer que ele pediu demissão, assessores da Saúde afirmaram que o ministro foi demitido.

Teich tomou posse em 17 de abril. Essa é a segunda saída de um ministro da Saúde em meio à pandemia do coronavírus. Teich havia substituído Luiz Henrique Mandetta.

Assim como Mandetta, Teich também apresentou discordâncias com o presidente Jair Bolsonaro sobre as medidas para combate ao coronavírus.

Nos últimos dias, o presidente e Teich tiveram desentendimentos sobre:

  • o uso da cloroquina no tratamento da covid-19 (doença causada pelo vírus). Bolsonaro quer alterar o protocolo do SUS e permitir a aplicação do remédio desde o início do tratamento.
  • o decreto de Bolsonaro que ampliou as atividades essenciais no período da pandemia e incluiu salões de beleza, barbearia e academias de ginástica
  • detalhes do plano com diretrizes para a saída do isolamento. O presidente defende uma flexibilização mais imediata e mais ampla.

Teich foi ao Palácio do Planalto nesta manhã para uma reunião com Bolsonaro. Em seguida, ele voltou para o prédio do Ministério da Saúde. A demissão foi anunciada logo depois.

O ministro da Saúde, Nelson Teich, durante entrevista em 11 de maio no Palácio do Planalto — Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O ministro da Saúde, Nelson Teich, durante entrevista em 11 de maio no Palácio do Planalto — Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúd

Divergências com Bolsonaro

Cloroquina

Nesta semana, Bolsonaro disse em entrevista na saída da residência oficial do Palácio do Alvorada que seus ministros deveriam estar “afinados com ele”. O presidente fazia referência a uma postagem de Teich nas redes sociais em que o então ministro alertava para riscos da cloroquina no tratamento de covid-19.

Bolsonaro é um defensor da cloroquina, apesar de não haver comprovação científica da eficácia do remédio no tratamento da doença.

“Olha só, todos os ministros, eu já sei qual é a pergunta, têm que estar afinados comigo. Todos os ministros são indicações políticas minhas e quando eu converso com os ministros eu quero eficácia na ponta. Nesse caso, não é gostar ou não do ministro Teich, é o que está acontecendo”, afirmou Bolsonaro na ocasião.

“Um alerta importante: a cloroquina é um medicamento com efeitos colaterais. Então, qualquer prescrição deve ser feita com base em avaliação médica. O paciente deve entender os riscos e assinar o ‘Termo de Consentimento’ antes de iniciar o uso da cloroquina.”

Bolsonaro afirmou ainda que conversaria com o ministro sobre a alteração do protocolo do SUS para uso da cloroquina. Atualmente, o SUS ministra o remédio em casos graves. Bolsonaro quer a aplicação desde o início do tratamento.

O uso da coloroquina segue sendo estudado por vários países, mas pesquisadores ainda não conseguiram encontrar resultados conclusivos. O remédio é comumente usado no tratamento da malária.

A cloroquina foi também um dos motivos de divergência que pesaram na demissão do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, substituído por Teich.

Isolamento social

Na quarta-feira (13), o Ministério da Saúde apresentaria em uma coletiva de imprensa, um plano com diretrizes para a saída do isolamento. A coletiva, no entanto, foi cancelada.

Em nota, o ministério informou que desde o último sábado (9) o plano vinha sendo discutido com os conselhos dos secretários de saúde estaduais e municipais, mas não se chegou a um consenso. Bolsonaro também não havia aprovado o plano.

Na quinta-feira (14), o presidente afirmou que, por ele, as atividades econômicas que estão paralisadas seriam retomadas imediatamente, e o isolamento passaria a ser vertical (em que apenas pessoas do grupo de risco ficam em casa).

O isolamento é a forma mais eficaz, segundo cientistas e autoridades sanitárias, de conter a propagação acelerada do vírus. Teich, em seus dias à frente da pasta, defendeu o isolamento.

Decreto de ampliação de atividades

Também nesta semana, Bolsonaro assinou um decreto para ampliar as atividades econômicas consideradas essenciais e que, portanto, poderiam funcionar no período da pandemia. O decreto incluía na lista salões de beleza, barbearias e academias de ginástica.

“Saiu hoje isso? Decisão de? Manicure, academia, barbearia…. Não é atribuição nossa, é uma decisão do presidente. A decisão de atividades essenciais é uma coisa definida pelo Ministério da Economia. E o que eu realmente acredito é que qualquer decisão que envolva a definição como essencial ou não, ela passa pela tua capacidade de fazer isso de uma forma que proteja as pessoas. Só para deixar claro que isso é uma decisão do Ministério da Economia. Não é nossa”, afirmou Teich na ocasião.

A maioria dos estados e o Distrito Federal decidiram não seguir o decreto de Bolsonaro. Em abril, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que cabe a estados e municípios estabelecerem regras de isolamento e quarentena durante a pandemia.

Por Rafael Oliveira, G1 GO


Testes de coronavírus em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Testes de coronavírus em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Goiás atinge novos recordes nos números de mortes e casos confirmados por coronavírus em um dia. O balanço da Secretaria Estadual de Saúde divulgado nesta quarta-feira (13) traz 61 mortos pelo novo vírus e 1.225 pessoas infectadas. Em relação ao boletim anterior, são 9 registros de mortes e 110 casos confirmados em 24 horas.

Há 36 casos confirmados em que os pacientes estão internados. Destes, 20 estão hospitalizados em leitos clínicos e 16 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Há ainda 90 casos suspeitos e em investigação que encontram-se internados: 60 em leitos clínicos e 30 em UTIs.

No Estado, há 13.144 casos suspeitos em investigação. No Laboratório Estadual de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-GO) há 188 amostras em análise. O resultado dos exames fica pronto entre 24 e 48 horas.

A Secretaria Estadual de Saúde explica que os “números são dinâmicos e passíveis de mudanças após investigação mais detalhada de cada situação”. Por isto, os dados podem ser alterados para mais ou para menos conforme investigação das prefeituras.

Veja o gráfico de mortes por coronavírus em Goiás nos últimos dias — Foto: Reprodução/G1

Veja o gráfico de mortes por coronavírus em Goiás nos últimos dias — Foto: Reprodução/G1

As mortes foram registradas nas seguintes cidades:

  • Águas Lindas de Goiás (1)
  • Anápolis (2)
  • Aparecida de Goiânia (6)
  • Bela Vista (1)
  • Campos Belos (1)
  • Cristalina (1)
  • Goiandira (1)
  • Goianésia (3)
  • Goiânia (27)
  • Goiatuba (1)
  • Iporá (1)
  • Luziânia (3)
  • Mara Rosa (1)
  • Nerópolis (1)
  • Novo Gama (1)
  • Palminópolis (1)
  • Paraúna (1)
  • Piracanjuba (1)
  • Pires do Rio (1)
  • Planaltina (2)
  • Professor Jamil (2)
  • Rio verde (1)
  • Valparaíso de Goiás (1)

Os casos confirmados de coronavírus estão em:

  • Águas Lindas de Goiás (27)
  • Alexânia (1)
  • Aloândia (1)
  • Anápolis (51)
  • Anhanguera (1)
  • Aparecida de Goiânia (84)
  • Aragarças (1)
  • Aragoiânia (2)
  • Barro Alto (1)
  • Bela Vista de Goiás (10)
  • Bom Jardim de Goiás (1)
  • Bom Jesus de Goiás (3)
  • Britânia (2)
  • Caçu (6)
  • Caldas Novas (2)
  • Campinorte (2)
  • Campo Alegre de Goiás (1)
  • Campos Belos (8)
  • Carmo do Rio Verde (3)
  • Catalão (1)
  • Caturaí (1)
  • Ceres (3)
  • Cidade Ocidental (5)
  • Corumbaíba (1)
  • Cristalina (3)
  • Doverlândia (1)
  • Faina (1)
  • Formosa (6)
  • Goiandira (3)
  • Goianésia (31)
  • Goiânia (665)
  • Goianira (4)
  • Goiatuba (8)
  • Guapó (1)
  • Inhumas (7)
  • Ipameri (1)
  • Iporá (1)
  • Itaguaru (1)
  • Itapuranga (3)
  • Itumbiara (14)
  • Ivolândia (1)
  • Jaraguá (7)
  • Jataí (29)
  • Jesúpolis (2)
  • Luziânia (11)
  • Mara Rosa (3)
  • Minaçu (1)
  • Mineiros (12)
  • Montividiu (1)
  • Morrinhos (1)
  • Nerópolis (8)
  • Niquelândia (1)
  • Nova Glória (1)
  • Nova Veneza (1)
  • Novo Gama (7)
  • Padre Bernardo (1)
  • Palmeiras de Goiás (4)
  • Palminópolis (1)
  • Paraúna (3)
  • Piracanjuba (4)
  • Pires do Rio (5)
  • Planaltina (13)
  • Porangatu (1)
  • Professor Jamil (6)
  • Quirinópolis (1)
  • Rialma (8)
  • Rio Verde (15)
  • Santa Fé de Goiás (1)
  • Santo Antônio de Goiás (1)
  • Santo Antônio do Descoberto (11)
  • São Luís de Montes Belos (2)
  • Senador Canedo (15)
  • Silvânia (1)
  • Trindade (21)
  • Uruaçu (12)
  • Valparaíso de Goiás (41)
  • Vianópolis (1)
  • Cidade não informada – 3