14 de julho de 2020
  • 16:59 Mudança na Data Das Eleições Exige Atenção de Pretensos Candidatos
  • 23:34 O MDB Atua Para Eleger 80 Prefeitos
  • 16:00 Comunidade da Cisterna Espera Por Benfeitorias Há Anos
  • 13:53
  • 15:27 Arco Viário Recebe Sinalização

A Superintendência Municipal de Trânsito  de Catalão                           ( Smtc) alterou a sinalização nas imediações do Cesuc. A alteração aconteceu na Rua Professor Paulo de Lima da 00 horas às 18 horas  será sentido duplo com uma faixa reversível , estacionamento dos dois lado da rua.. Na Rua 511( lateral ao Cesuc)passa ter sentido duplo de circulação com estacionamento de apenas um lado  ( estacionamento proibido do lado oposto ao Cesuc).               A Smtc chama  atenção dos moradores dos bairros: Florença, Matilde e Campo Belo, para as alterações e pede para que eles fiquem atentos às novas mudanças.

Aconteceu na manhã desta sexta-feira, 1º de Março, em Catalão a posse dos membros do Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas e Álcool.

A solenidade foi realizada no auditório da Prefeitura Municipal. Participaram representantes do poder executivo, legislativo, autoridades policiais (civil e militar) e até promotoria pública do estado de Goiás. Após a criação do Conselho que conta com mais de 20 pessoas, os membros foram empossados.

Entre eles, representando o poder público estão:  (Secretaria Municipal de Educação) Luciana Nunes Pinto – titular e Leonardo Pereira Santa Cecília – suplente. (Secretaria Municipal de Saúde) Wanessa Batista dos Anjos – titular e Amanda Elias Marques – suplente. (Secretaria Municipal de Promoção e Ação Social) Higor Gomes Pires Bueno – titular e Isabel Cristina Rosa Guerreiro – suplente. (Subsecretaria Regional de Educação) Maria do Carmo de Azevedo e Silva. (Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente) Dorane Cristina Felipe do Nascimento Souza. (Polícia Civil) Fernando Souza Maciel – titular e Poliana Mendes Borges – suplente. (Polícia Militar) José Humberto Martins – titular e Cristiane da Silva Gomes Simão – suplente. Representando a sociedade civil, órgãos não governamentais estão: (Univerdidade Federal de Goiás) Roselma Lucchese; (ACIC/CDL) César Safatle; (Loja Maçônica José Marcelino da Silva) Wilmar Dias carneiro; (Rotary Club de catalão Solidariedade) Wilton Ferreira; (OAB) Rubens Pena; (Igreja Católica) Padre Emerson da Costa; (Igreja Evangélica) Luciano Gonçalves de Jesus; (Conselho Espírita) Cleuzadir da Souza Aires e (Associação de Moradores de Catalão) Flávio Pereira Jorge.

Cada um dos membros nomeados do Conselho de Drogas e Álcool terão mandato de dois anos. O trabalho é voluntário, não remunerado.

Para o Promotor de Justiça, Dr, Fernando Rosa, que deu posse aos conselheiros é fundamental pensar a partir de agora nesse trabalho focando em ações para o tratamento do ser humano. “Hoje é um dia festivo em virtude da posse do nosso conselho que vai agir no tratamento do ser humano para que ele não vá até a droga, ou seja, antes que ele conheça essa realidade. Precisamos pensar e agir no conselho a partir dessa ideia e elaborar políticas de ações no combate ao uso dessas drogas. Nós temos que trabalhar e buscar melhorar a nossa sociedade. Nossa missão será importante e nós vamos desenvolvê-lo de forma adequada e da melhor forma possível”, destacou o promotor.

Função do Conselho Municipal Drogas e Álcool

Compete aos Conselhos de Políticas sobre Drogas e Álcool estimular e coordenar a garantia de direitos às pessoas que usam drogas ou álcool, prevista nas legislações vigentes, com vistas à promoção, defesa e orientação acerca das ofertas de prevenção, cuidado, estudos e pesquisas e segurança. Suas atribuições envolvem formulação, deliberação, monitoramento e avaliação das políticas sobre drogas, seja no âmbito municipal.

Eleição Presidência do Conselho

A partir de agora, outras reuniões serão marcadas a fim de promover a eleição dos cargos e respectivas funções dos membros dentro do Conselho de Drogas e Álcool de catalão.

ASCOM – Prefeitura de Catalão

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu na manhã desta quinta-feira (28) com um grupo de jornalistas profissionais da mídia profissional que fazem a cobertura política. O presidente convidou esse grupo de jornalistas, e eu fazia parte deste grupo, para um café ao lado do gabinete presidencial.

Foi servido um café com bolinhos e pão de queijo e foi um contato do presidente Bolsonaro conosco, jornalistas profissionais, um contato inicial aqui no Palácio do Planalto. Durou cerca de 40 minutos.

O presidente estava descontraído, estava disposto. Também estavam alguns ministros e, inclusive, o vice Hamilton Mourão.

O presidente começou por falar sobre a importância do papel da imprensa profissional, da mídia profissional para a comunicação social, para o esclarecimento da população. E ele chegou, inclusive, a usar a seguinte expressão: “Eu estendo a mão para vocês neste momento”.

Ele disse que durante a campanha teve mais contato com as redes sociais de internet, mas que agora ele preferia fazer esse contato com a imprensa profissional diante da importância do trabalho da imprensa, da importância do trabalho dos jornalistas e também da importância do momento em que o país vive diante da expectativa de votação da reforma da Previdência Social, que começa pela Câmara dos Deputados e depois vai para o Senado. O presidente pediu ajuda à imprensa profissional para esclarecer tanto a população quanto deputados e senadores.

Cada vez mais atuante em favor das causas do consumidor, o PROCON em Catalão – órgão oficial de Proteção e Defesa das pessoas que adquirem qualquer tipo de produto ou serviço – divulgou balanço das atividades executadas ao longo do ano de 2018. O relatório detalha todas as demandas que chegaram à unidade.
No acumulado dos 12 meses do ano passado foram exatos 3.686 atendimentos. Janeiro foi o mês em que as pessoas mais solicitaram o apoio do PROCON: 447 foi o número total de casos registrados. Em Fevereiro foram 311 atendimentos. Março de 2018, 264 atendimentos. Abril, 306 atendimentos e 311 em Maio. Em Junho e Julho, foram 290 e 332 atendimentos, respectivamente. Em Agosto o PROCON registrou o segundo maior mês do ano em número de atendimentos: 346. Em Setembro foram 270, Outubro 277, Novembro 274 e Dezembro apenas 258.
Conforme consta no relatório, as principais demandas dos consumidores que procuraram a equipe do PROCON eram aquelas que envolviam Serviços Essenciais (1.649), ou seja, problemas relacionados à energia e telefonia, por exemplo. Outros vilões de reclamação dos consumidores se tratavam de assuntos financeiros, foram 970 atendimentos. Queixas essas relacionadas a cartão de crédito, empréstimo, juro abusivo etc. Atendimentos sobre produtos apareceram no terceiro lugar no ranking de reclamações: 634 casos. Um exemplo, seriam reclamações por produtos vencidos onde o órgão atuou junto à Vigilância Sanitária.
De acordo com o Diretor do PROCON Municipal, Anísio Pereira, os números mostram a credibilidade e o incansável serviço em prol da população. De todos os casos registrados na unidade, cerca de 80% foram solucionados em 2018. Segundo ele, atingir esse índice na solução das reclamações é um excelente resultado. “É um número satisfatório e é gratificante saber que nosso trabalho é reconhecido, que as pessoas sabem que podem nos procurar na solução do seu problema. Por outro
lado, atuamos também para que algumas empresas entendam que precisam respeitar seus clientes e perceber que o consumidor está amparado pela Lei 8.078/90 – Código do Consumidor. Por isso, o Procon busca sempre atuar de forma eficaz fazendo valer os direitos do consumidor”, destacou.
O PROCON em Catalão funciona na Rua Major Paulino nº 228, bairro Nossa Senhora de Fátima. O atendimento vai de segunda à sexta-feira, das 8h às 16 horas (sem intervalo para almoço). O telefo